26 June 2012

O calendário se arrasta...

Saudades. Do trabalho, dos encontros semanais com meus grupos de Pedagogia e Biologia, das discussões no doutorado, dos momentos com os amigos e colegas, das reuniões, dos almoços regados a café e sorvete ao final.
Gosto de prazos, de horários a cumprir. De me arrumar pra encontrar o grupo da extensão. Juro que nem me surpreendo mais, quando me dou conta dessas faltas. Quando digo que sou feita de saudade, não estou mentindo! 
17 de maio tudo começou. Passaram-se quantos dias, quantas luas? Claro que dá pra mensurar, mas não sinto mais o controle do tempo. Junto com essa paralisação nacional, me sinto estagnada também. E cada dia mais impressionada com a educação pública no Brasil, sobretudo pelo descaso dos governantes, de quem tem poder de transformar essa dura realidade. 
Maio passou. Junho está no fim. Julho se aproxima...diariamente tento ler e compartilhar com outros tudo o que se publica sobre o movimento grevista. Sigo esperançosa que o governo negocie logo, por entender que todas as pautas são justas e merecem atendimento pleno. 
 79 IFES em greve: 55 universidades e 24 institutos e centros federais
Para estimularmos a luta em rede, precisamos de sua adesão! 

6 comments:

  1. Bem vinda a esse cenário cruel que tentamos mudar, amiga.
    Vou usar a hashtag amanhã.
    bj

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eba... mobilização...valeu Patiinha!

      Delete
  2. O descaso com a saúde público, educação e segurança nesse país é mais do que recorrente, fica até repetitivo falar. É lamentável o que se vê. A greve dos professores da Uerj (aqui no RJ) deve ter começado a menos de 1 mês. Beijos e boa semana.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Algumas universidades estaduais também aderiram? Não sabia... boa sorte a todas... obrigada pela visita, Sérgio! Abraço!

      Delete
  3. Sorte na mobilização, amiga viajante. Que essa viagem traga retorno! Um beijão pra você.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, querido!! Vamos torcer...

      Delete