3 September 2013

+ uma romântica por aí

Lá estava ela, sozinha, às duas da manhã, esperando, esperando... andou mais um pouco, e, muito desolada, decidiu ir embora. Mas quando se virou, percebeu que já não estava mais sozinha. Lá estava ele, com uma expressão que mesclava preocupação e aborrecimento. Ela, assustada, permaneceu estática, com o coração aos pulos. Conversaram pouco, mas decidiram muito.

- Aí está você! Saiba que eu estou te esperando, no lugar indicado, na entrada principal, há muito mais de meia hora!
- Mas a entrada principal é aqui!
- Não, aqui é a saída principal!
- depende de como se vê...
Ele suspirou. Ela lhe sorriu, comovida com a sensação de proteção que emanava dele.
- Me diz, o que você tem?
- Ah, estou girando nesse carrossel há muitos anos. E decidi que eu quero parar. Não quer ficar parado comigo?
- Você me pediu, para vir te encontrar no meio de um parque, de madrugada, para ficar parado com você?
Ela o fitou demoradamente. Ele não respondeu verbalmente. Apenas a envolveu num abraço. Ficaram então, assim, juntos e parados.

[ou sobre como percebi o cenário e a narrativa, a partir de um diálogo fofo, num episódio qualquer de Sex and the City]

10 comments:

  1. Essa espera: alimenta muita expectativa. Mas, a timidez deve ser apreciada:

    "... há um encanto mais poderoso ainda, nos olhos voltados para o chão, no momento de um beijo apaixonado, quando brilha por entre as pálpebras baixas, a sombria, obscura chama do desejo".

    - Fyodor Tyuchev.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Que lindo! Adorei! Obrigada pelo carinho. Bj

      Delete
  2. Viajei aqui... tão MS e HST...

    rsrs
    Um bjo e um bom final de semana, amiga.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Verdade, Patiinha... lembra muito a história-novela, cheia de idas e vindas... risos.. beijo e bom final de semana, também!

      Delete
  3. OI!
    DISCORDAR SE É ENTRADA OU SAÍDA É FÁCIL, QUANDO DISCORDAM ABRAÇADO...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Zilani. Dois seres pensantes e diferentes podem muito bem conviverem bem e abraçados... risos.... Obrigada pela visita. Abraços.

      Delete
  4. Interessante esta sua saída da escrita em primeira pessoa, que é o modo como você parece se sentir mais à vontade. Gostei da viagem ficcional. Um beijo, Ju.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Marcelo você é muito atento! Beijo!

      Delete
  5. Que bacana, Ju. E nem tinha notado o que o Marcelo citou. rs Adorei essa conversa que faz os leitores viajarem... bjs

    ReplyDelete
    Replies
    1. :) somos seres viajantes... e românticos! Beijão!

      Delete