5 December 2013

+ um dia de reflexão

Entre os aniversariantes do dia, a cidade que habito completou 198 anos. Conheço a capital alagoana há pouco mais de três anos, quando aqui cheguei para o concurso da UFAL. De lá pra cá, eu venho me deliciando com suas lindas paisagens, de encher os olhos e o coração de esperança por dias melhores. 
Dos coqueiros mais suntuosos e altos e o mar azul piscina [ou verde piscina?], Maceió é uma delícia de se viver. Pena que haja tanta exclusão, tanta miséria humana, e tão pouco cuidado com a população, carente de ótimos tratos.
O efeito photoshop da orla só não engana quem mora aqui. É preciso adentrar duas ou três ruas após, para conhecer Maceió e seus horrores.
Torço para que políticas pensadas para juventude, especialmente, e para população negra, mais especialmente ainda, sejam urgentemente postas em prática. Faço parte do grupo que luta por melhorias, que sabe o que é bonito, mas reconhece o que é feio e [por isso] não tolera tantas desigualdades.

Publicado originalmente no mundinho azul em 05 de dezembro de 2013

7 comments:

  1. Betânia Gomes via FB9 December 2013 at 14:51

    Linda a sua declaração Ju...compartilho e parabenizo o seu texto encantador e revelador.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, Beta! Gosto muito de morar aqui, mas as questões sociais e políticas me assombram. Beijo!

      Delete
  2. Leila de Souza via FB9 December 2013 at 14:51

    Ele tem uma magia na voz!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tem mesmo!! Canta com o coração!!!

      Delete
  3. Ju
    Qdo conheci Maceió, uma das coisas que me chocou (não vou enumerar as outras pra não ofender seu pessoal) foi essa discrepância que vc cita, há poucos metros da praia.
    Salvador tbm têm seus problemas sociais, a diferença é que ficam um pouquinho mais distante...
    bjão.
    bjão

    ReplyDelete
  4. Que ótimo texto, Ju! Torcemos todos! bjs

    ReplyDelete