1 August 2016

missão cumprida: 1 ano depois

Hoje é uma data marcante em minha vida profissional. 1 ano em que estive afastada da UFAL e que foi cumprido com muito trabalho e ética. O meu afastamento, 100% financiado por mim, permitiu não somente desenvolver uma pesquisa intercalada do doutorado, numa universidade fora do país, como também oportunizou conhecer muita coisa boa, provar sabores, visitar lugares lindos e também conviver com outras gentes. Foi muito aprendizado! Se não fosse a minha ousadia, não teria chegado na esquina. Nasci na roça, fui educada para viver com simplicidade. E embora tenha alcançado muito capital cultural, mantenho a simplicidade como princípio maior em meus dias, independentemente de ter viajado tanto. Foram 7 países incríveis visitados, a melhor impressão do mundo para os turistas e a pior das impressões para os imigrantes. Do lado de cá do Atlântico, também acumulamos muitos problemas, sim. Do racismo ao fascismo. Mas o Brasil, especialmente no Nordeste, continua sendo o meu lugar de pertencimento, de alegria e paz. Há que lutarmos muito para que muito mais gente possa ter oportunidades como a minha. O que desejo viver, também desejo que todXs possam viver. O meu quintal está florido. Quero o mundo todo arborizado! Basta de privilégios para uma minoria. Vamos pensar grande! Vamos brigar por conquistas sociais e coletivas. Vamos brigar pelo fim das opressões! Educação é dever do Estado. Tem que ser pública, laica, democrática, gratuita.

No comments:

Post a Comment